Marcos Braz concede entrevista na Gávea (Foto: Alexandre Vidal)
Continua após a Publicidade

Os dirigentes do Flamengo desembarcaram na Europa no domingo com objetivo de tentar acelerar as negociações pelos empréstimos do atacante Kenedy e do volante Thiago Mendes. Apesar do contato diário, a falta de pressa do Chelsea e Lyon tem frustrado a dupla Marcos Braz e Bruno Spindel, que, por enquanto, aproveita a estadia em Portugal para tratar de outros temas.

Como a janela de transferências na Europa só fecha dia 31 de agosto, Chelsea e Lyon aguardam a possibilidade de ofertas melhores e, de preferência, pela transferência em definitivo. O Flamengo deseja o empréstimo com opção de compra. No caso de Thiago Mendes, os franceses desejam que seja com obrigação de compra. Ambos os atletas já comunicaram que desejam a transferência para o Flamengo.

Continua após a Publicidade

Muniz próximo de ser vendido; Hugo Moura emprestado
Com a evolução muito lenta nas conversas com Chelsea e Lyon, Braz e Spindel aproveitam para tratar da possível venda do atacante Muniz, que tem quatro clubes interessados. Os dirigentes vão avaliar as ofertas com o empresário do jogador em reunião agendada para esta quarta, em Lisboa. A expectativa é de que antes do fim desta semana o martelo seja batido.

O caso mais avançado é o do volante Hugo Moura. Já há um entendimento para o empréstimo ao Lugano, da Suíça, até junho de 2022. Falta apenas os clubes sacramentarem. A informação foi divulgada inicialmente pelo “O Dia” e confirmada pelo ge.

O Lugano é treinado pelo técnico Abel Braga, que já havia tentado a contratação de Hugo quando comandava o Vasco.

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui