CBF vai entrar com mandado de segurança para derrubar liminar que adia Palmeiras x Flamengo

Na tarde deste sábado (26), o Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) publicou uma liminar que ataca o pedido de adiamento de Palmeiras e Flamengo. No entanto, ao receber o pedido, o clima ficou pesado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Nos bastidores, a entidade afirma que vai ‘tentar de tudo’ para derrubar a decisão judicial, concedida por meio de uma ação do Sindeclubes (Sindicato dos Empregados de Clubes). Inclusive, chegou avisar à Rede Globo, detentora dos direitos da partida, para que não faça mudanças na grade de domingo (27). A informação foi inicialmente divulgada pelo UOL.

Para reverter a decisão, a CBF deve utilizar o caminho do ‘mandado de segurança’. Isto é, uma medida jurídica urgente, feita com intuito de proteger um direito de uma ameaça. Como é uma ação rápida, o mandado de segurança deve ser julgado ainda neste sábado (26).

A partida entre Palmeiras e Flamengo está marcada para domingo (27), às 16h, no Allianz Parque. Vale destacar que, mesmo após a liminar que adia o confronto, o Rubro-Negro embarcou para São Paulo. De acordo com fontes ouvidas pela Coluna do Fla, o clube carioca optou por não arriscar ficar no Rio de Janeiro, correndo risco da liminar cair e, consequentemente, levar W.O no jogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui