City e Flamengo se acertam por Lincoln; jogador atuará por time francês

O namoro entre Grupo City e Lincoln, que começou em agosto, nunca esteve tão próximo de virar casamento. A empresa que controla o Manchester City aceitou a exigência do Flamengo, de emprestar o atacante sem valor de opção de compra estabelecido em contrato, e se aproximou do acerto para ter o jovem de 19 anos por uma temporada.

No início de setembro, o Grupo City oficializou uma proposta ao Flamengo para ter Lincoln por empréstimo com opção de compra por 50% dos direitos econômicos do atacante. A diretoria, na ocasião, decidiu frear o interesse da empresa pois queria ver se chegaria alguma oferta de compra pelo jovem, o que não aconteceu.


Sem oferta para uma saída definitiva, a cúpula rubro-negra começou a ver com bons olhos uma saída por empréstimo para que o atleta ganhe experiência e rodagem, pois atualmente no elenco do Flamengo, com todos à disposição, Lincoln tem entrado no segundo tempo e ficando pouco tempo em campo.

Durante esse período, o Grupo City manteve contato com a diretoria do Flamengo e esperou o momento certo para dar a cartada final.Nos últimos dias, a empresa informou ao Rubro-Negro que toparia contratar o Lincoln por empréstimo sem opção de compra, com o jogador tendo que voltar daqui um ano. Mas um surto de Covid-19 atingiu o elenco carioca e afetou 19 atletas. Lincoln, que já havia sido infectado pelo novo coronavírus no início da pandemia, se tornaria peça fundamental para o elenco nas partidas contra Palmeiras, no último domingo, e Del Valle, nesta quarta.

A tendência é que depois do jogo contra os equatorianos, os empresários de Lincoln, os representantes do Grupo City e membros da diretoria do Flamengo se reúnam para acertar os últimos detalhes da negociação. No primeiro momento, o atacante será realocado no Troyes, da França.

O Grupo City atualmente é dono de dez clubes pelo mundo: Manchester City (Inglaterra), New York City (EUA), Melbourne City (Austrália), Yokohama Marinos (Japão), Girona (Espanha), Sichuan Jiuniu (China), Mumbai City (Índia), Montevideo City Torque (Uruguai), Lommel SK (Bélgica) e Troyes (França).

Por: O DIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui