Marcos Braz concede entrevista na Gávea (Foto: Alexandre Vidal)
Continua após a Publicidade

A diretoria do Flamengo se reúne desde as primeiras horas desta segunda-feira para avaliar a demissão do técnico Rogério Ceni e os motivos para os resultados ruins do futebol nas últimas rodadas do Brasileiro.

Membros do conselho de futebol vão debater a permanência do treinador depois de duas derrotas consecutivas, para Fluminense e Ceará. no Maracanã, que minaram o prestígio de Ceni internamente.

Continua após a Publicidade

Mas desde cedo o presidente Rodolfo Landim trata do assunto com o vice de relações externas, Bap, e o diretor de futebol Bruno Spindel, na Gávea. Mais tarde, o Conselho do Futebol se reúne, com a presença dem contar com o coro das organizadas e dos grupos políticos pela demissão.

Ao todo, Rogério soma quatro vitórias, quatro empates e quatro derrotas, com aproveitamento de apenas 44,4%. O próprio treinador assumiu a culpa pela falta de resultados.

+ Diego Ribas chutou o balde no vestiário e cobrou os jogadores do Flamengo

Até agora, o vice de futebol Marcos Braz dava respaldo para o trabalho, bem avaliado internamente. Mas a ala liderada por Bap, vice de relações externas, já entende que Ceni não deu liga. Embora a diretoria também aponte para a falta de atitude e o comportamento de diversos atletas em campo.

O grande ponto de interrogação é quem seria o novo treinador, ja que o técnico do sub-20, Mauricio Souza, sequer foi alçado aos profissionais como auxiliar. E o clube não tem nenhum profissional na comissão permanente para exercer essa função.

Até o nome do ex-zagueiro Juan foi cogitado, já que tem proximidade com o elenco e na função administrativa pouco contribui com o Flamengo. Por isso, os debates prometem avaliar opções que assumam não só para o fim da temporada, mas para todo o 2021 do clube.

+ Ceni tem o segundo pior aproveitamento entre os técnicos do Flamengo na década; confira números

O elenco do Flamengo ganhou folga nesta segunda e se reapresenta nesta terça-feira, 15h, para a partida da próxima segunda, contra o Goiás, fora de casa.

Por: ColunadoFla

Continua após a Publicidade

1 COMENTÁRIO

  1. Rogério Ceni, já está mais do que comprovado, que não é técnico à altura de um clube grande e principalmente ter pulsos, para controlar um elenco igual ao que flamengo, dispõe no momento. Substitui mal e muitas vezes em.momento errado. Nem o são paulo, que o clube de coração dele, onde inclusive ele foi idolatrado, não o manteve quando ele foi técnico por lá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui