O vice-presidente jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, rebateu as críticas feitas pelo vice geral do Vasco, Carlos Roberto Osório, sobre os direitos de transmissão do Campeonato Carioca. O dirigente vascaínos havia responsabilizado o Rubro-Negro pela redução dos valores recebidos pelos clubes cariocas com a ruptura do contrato com a Rede Globo e a assinatura do novo vínculo com a Record. A emissora de Edir Macedo irá pagar cerca de R$ 21 milhões por 2021 e R$ 15 milhões por 2022.

Em entrevista à Super Rádio Tupi, o dirigente do Flamengo afirmou que o clube da Gávea não pode ser responsabilizado pela opção da Rede Globo de rescindir o contrato de forma completa. Além disso, o vice jurídico ainda fez críticas ao processo eleitoral vascaíno.

“Tomei conhecimento das declarações do Carlos Roberto Osório, dizendo que o Flamengo implodiu o contrato com o Campeonato Carioca. Acho que foi de uma descortesia enorme. Um rapaz que está chegando agora no Vasco, em uma eleição conturbada, que ainda está sub judice. Veio falar de fatos pretéritos à gestão que ele acabou de entrar, fatos que ele não tem conhecimento pleno. Então, é aquela história do Romário: acabou de chegar e quer pilotar o ônibus, sentar na janela. Não é assim que funciona. Na verdade, o Flamengo não implodiu contrato, pois não tinha. Talvez ele não saiba, né? Como o Flamengo vai implodir um contrato que não tem? A Globo tinha um contrato considerado bom para os outros clubes, mas não tinha o Flamengo. O que levou a Globo a rescindir o contrato por não fazer sentido pagar o que pagava sem ter o Flamengo. Isso é publico e notório. Por isso a Globo rescindiu”, disse.

Além disso, Rodrigo Dunshee ironizou o atual momento do Vasco. Na opinião do dirigente rubro-negro, o atual momento do Vasco impede que o clube da Colina possa ser visto como uma equipe que rivaliza com o Flamengo nas competições.

“Fico com pena, pois fui criado com esse rapaz (Osório) por muitos anos, estudamos no mesmo colégio. Ele chega para ofender o nosso clube chamando de “rival”. Na verdade, o Flamengo não está rivalizando com o Vasco há muito tempo. Achei que ele chegaria para melhorar com um discurso de mais união entre os clubes, mas estou vendo que é mais do mesmo, estilo Eurico. O Flamengo está sempre aberto ao diálogo. Espero que ele tenha mais educação das próximas vezes e se informe melhor”. concluiu.

Retirado de: O Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui