Thiago Mendes defendeu o Lyon na última Liga dos Campeões — Foto: Getty Images
Continua após a Publicidade

Embora a negociação do Flamengo para ter Thiago Mendes evolua devagar, existe o otimismo de que a contratação ainda será possível. Depois de uma reunião positiva nesta terça-feira, a esperança é de convencer nesta quarta, em nova rodada de conversa, o presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, a liberar o volante.

No encontro desta terça, o diretor Juninho Pernambucano esteve presente para representar o Lyon, que em 2019 investiu 25 milhões de euros (R$ 108 milhões na época) na contratação do jogador, que havia se destacado no Lille, e deseja recuperar ao menos uma parte do valor.

Continua após a Publicidade

Um grande trunfo do Flamengo na negociação é o desejo declarado de Thiago Mendes, que faz força pela transferência.

A proposta rubro-negra é por empréstimo com opção de compra, e o Lyon deseja a obrigação de compra. Os franceses também querem um valor superior ao que o Flamengo sinaliza pelo empréstimo (que seria abatido na eventual compra).

Além de Thiago Mendes há outros temas na pauta do vice de futebol Marcos Braz e do diretor Bruno Spindel na Europa: a negociação pelo empréstimo do atacante Kenedy, do Chelsea, e a venda do atacante Muniz.

Saídas

Além das chegadas, vale destacar que a diretoria do Flamengo também está de olho na saída de dois jogadores: Hugo Moura e Rodrigo Muniz. O volante, é desejado por Abel Braga, que atualmente está treinando o Lugano, da Suiça. Hugo será emprestado por um ano, sem compensação financeira, e com opção de compra estabelecida no contrato. Inclusive, ele será liberado nos próximos dias para revolver questões burocráticas.

Já em relação a Rodrigo Muniz, o Fulham, da Inglaterra, ofereceu 6 milhões de euros (R$ 37 milhões) ao Flamengo por 50% dos direitos econômicos do atacante. Porém, a negociação possuí alguns impasses para serem sanados.

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui