Continua após a Publicidade

O atacante Lincoln recebeu duas ofertas diferentes para deixar o clube carioca. A primeira do FC Cincinnati, dos Estados Unidos, e a segunda do Vissel Kobe, do Japão. O Rubro-Negro e o jogador tiveram reações diferentes às propostas.

+ Sugerindo retorno de Ceni, torcida do Flamengo invade perfil do Fortaleza, na web

Continua após a Publicidade

O FC Cincinnati fez uma oferta por Lincoln. O Flamengo fez uma contraproposta que foi aceita. A equipe norte-americana pediu o empréstimo do jogador até julho de 2021 com obrigação de compra por 3 milhões de dólares (cerca de 16 milhões de reais) por 80% dos direitos econômicos do jogador. A oferta salarial, entretanto, não agradou a Lincoln.

Como informou primeiramente o portal “UOL”, o Vissel Kobe entrou na disputa e realizou uma proposta ao atacante. A oferta seria de empréstimo até dezembro de 2021 com obrigação de compra caso o jogador disputasse pelo menos 60 % das partidas na temporada. O valor da compra do atacante é de 5 milhões de dólares (cerca de 26 milhões de reais) por 90% dos direitos econômicos. Em relação ao clube japonês, Lincoln aceitou a proposta salarial do time japonês.

+ Galvão Bueno critica Rogério Ceni em mais um tropeço do Flamengo

E agora está o entrave: o Flamengo preferiu a proposta do Cincinnati porque entende que é praticamente uma venda com apenas um empréstimo até o meio do ano. Ou seja: tem a certeza que irá fazer a transação definitiva, e o dinheiro cairá na conta. Já a proposta do Vissel Kobe, o jogador teria metas a cumprir para poder ficar em definitivo, o que não encheu os olhos dos rubro-negros.

Enquanto o seu futuro não é decidido, Lincoln cumpre a sua rotina de treinos no Sub-20 e vem sendo elogiado pelos profissionais internamente pela postura profissional, com direito a conselhos aos atletas mais jovens.

Por: ODia

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui