David Luiz, zagueiro do Flamengo - © Marcelo Cortez
Continua após a Publicidade

Com a Copa do Brasil fora dos planos, o Flamengo vê ainda mais necessidade de buscar o título do Campeonato Brasileiro. Por isso, a pressão para o confronto contra o Atlético-MG se tornou ainda maior e o elenco precisará de uma reação rápida para conseguir sair da fase ruim.

No entanto, a equipe se vê no momento com mais problemas do que soluções. Até o início desta semana, o discurso era de que o time enfrentaria o Furacão com desfalques importantes, mas teria parte deles de volta para o jogo contra o time mineiro neste sábado (30). Porém, Arrascaeta e David Luiz, ambos esperados para o próximo compromisso do Fla, poderão ter retorno adiado.

Continua após a Publicidade

No caso do uruguaio, os fisioterapeutas tentaram abreviar a volta às atividades coletivas nesta semana, mas ainda não foi possível. Desta forma, para que não haja riscos de reincidência da lesão grau 2 no músculo anterior da coxa direita, ele teve seu retorno adiado.

David Luiz, por sua vez, tem situação um pouco diferente. O zagueiro foi entregue à preparação física do clube na última semana, e vem tendo bons resultados. Mas ainda há chances de que a volta seja vista como prematura, o que poderia postergar o retorno ao grupo.

A visão sobre o assunto é de que ele estreou pelo clube antes do tempo, o que resultou na lesão sofrida em sua segunda atuação pelo Mais Querido. Vale lembrar que, quando o jogador fechou com o Flamengo, já estava parado há cinco meses, desde que deixou o Arsenal.

Neste contexto, o retorno do defensor será debatido internamente nestes últimos dias de preparação para o confronto contra o Atlético. Com o tema em pauta, comissão técnica, jogador e os departamentos médico e de preparação física serão ouvidos. Cabe destacar que o zagueiro possui boas chances de ser relacionado pelo clube.

A partida contra o Galo acontecerá às 19h (horário de Brasília). O Flamengo jogará mais este duelo em casa, e, depois de a torcida protestar os valores das entradas, planeja preços mais baixos para os ingressos.

Acumulando 46 pontos, o Rubro-Negro é o quarto colocado na tabela do Brasileirão, mas tem dois jogos a menos que o Atlético (com 59 pontos) e três a menos que Palmeiras e Fortaleza, que ocupam segunda e terceira posição, com 49 e 48 pontos, respectivamente.

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui