Transmissão de jogos do Flamengo — © Divulgação
Continua após a Publicidade

Os resultados financeiros do Carioca em 2021 abaixo do esperado levaram os clubes a procurar a Globo para negociar para o próximo ano. O que está na mesa é uma proposta da emissora pelo pay-per-view. Um ponto sensível da negociação é que o Flamengo não abre mão de transmitir seus jogos na Fla-TV, enquanto a Globo queria exclusividade.

Vasco e Fluminense também acenaram que gostariam de manter seus canais, embora com menos ênfase. Se forem bem remunerados, admitem, sim, que poderiam abrir mão de ter os jogos em suas plataformas.

Continua após a Publicidade

A proposta apresentada pela Globo é em torno de R$ 50 milhões pelos direitos de ppv. Como já publicado pelo UOL, o primeiro obstáculo é o fato de a Ferj processar a emissora e já ter obtido uma decisão favorável que lhe dá mais de R$ 150 milhões de indenização pelo rompimento do contrato anterior. A Globo acenou com um pagamento bem menor, de R$ 7 milhões, para encerrar o problema.

Quem negocia os direitos em nome da Ferj é a empresa Sportsview, do ex-executivo da Globo Marcelo Campos Pinto.

Isso poderia ser até sanado por uma negociação direta dos clubes grandes com a Globo, o que já foi cogitado por alguns times que poderiam usar a Lei do Mandante. Mas há a questão das televisões próprias dos clubes.

Lembremos, o Carioca-2021 foi negociado como produto de pay-per-view em operadoras de cabo e por meio dos canais dos clubes. No total, foram vendidos em torno de 200 mil pacotes. Mas quem gerou renda significativa de fato foi o Flamengo que arrecadou em torno de R$ 14 milhões com a competição.

Em seu balanço financeiro, o Vasco registrou ganhos de apenas R$ 2,8 milhões com o Carioca. A diretoria do clube ficou insatisfeita com o resultado.

Neste cenário, o Flamengo faz questão de ter os jogos em sua TV. Na diretoria rubro-negra, é visto como complicado um acerto com a Globo por causa deste ponto. Vasco e Fluminense são mais flexíveis, mas também gostariam de manter seus canais com jogos. Mas a Globo quer a exclusividade, embora não tenha fechado a porta para o assunto.

O cenário não é visto como um obstáculo definitivo entre quem participa da negociação. Há a possibilidade, sim, de existir um acordo com concessão de ambas as partes.

Ao voltar à mesa de negociação, a Globo tem o objetivo de preencher seu produto de ppv com jogos que atendam o mercado do Rio de Janeiro. Do outro lado, os clubes pretendem melhorar a renda que foi considerada baixa por alguns deles em 2021.

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui