Galvão Bueno não aliviou Rogério Ceni após mais um tropeço, no Campeonato Brasileiro. O apresentador e narrador da Globo, participou do programa “Seleção SporTV” e criticou algumas decisões do treinador do Flamengo.

Algumas escolhas de Rogério foram muito criticadas pela torcida, como a retirada de Natan do jogo para colocar Arão na zaga e também a saída de Gabigol, quando o time precisava buscar o resultado.

Dito isso, Galvão deixou claro que não é a favor da demissão do técnico, porém, criticou o fato do treinador ter colocado Willian Arão na zaga e não ter deixado Gabigol em campo para jogar ao lado de Pedro.

“Me parece que o preparo físico do Flamengo é ruim, mas também não sei se estão treinando pouco. Não sabemos o que (o setor) de inteligência fala. Mas já tem uma conversa que o time está treinando pouco, em um período só, que joga no sábado e só vai treinar na terça. Pela oposição a cabeça do Ceni é pedida abertamente, e isso não pode acontecer. Mas, por outro lado, não é a primeira vez que as substituições do Ceni não são tardias, complicadas e sem efeitos”

+ Dirigentes do Flamengo se reúnem com Rogério Ceni após derrota

“Aí você tira um zagueiro, pra puxar um meio-campo pra zaga e botar um cara de meio-campo no lugar de outro, tirar o Gabigol e colocar o Pedro? Será que não é a hora de fazer o que todo mundo espera no momento que se precisa fazer o gol? Achar uma forma de deixar o Gabigol, Pedro e Bruno Henrique? E por que tanta demora nas substituições? Para mim, o Rogério tem demorado demais e tem errado nas alterações“, declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui