As negociações para venda dos direitos do Campeonato Carioca avançaram entre clubes, Ferj e televisões. Há uma proposta encaminhada para explorar múltiplas plataformas, sem estar preso em uma só empresa, e atingir renda similar ao contato anterior da competição. Na TV Aberta, o SBT e a Globo, que rescindiu o compromisso anterior, estão interessados – há a possibilidade de um pay-per-view da competição.

VEJA TAMBÉM: Jornal europeu afirma que clube inglês quer Vini Jr e Fla poderá lucrar com negociação

Quem está comandando o empacotamento do Carioca é o ex-executivo da Globo Marcelo Campos Pinto. Ele já convenceu os dirigentes de Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo a negociarem juntos com a Ferj.

Houve interesse acima do esperado pelos dirigentes de clubes. A Globo, que rescindiu seu contrato que iria até 2024, fez uma proposta em valores menores do que os R$ 120 milhões originais. Inicialmente, não foi aceito. Mas a emissora segue monitorando o caso.

VEJA TAMBÉM: “Não sou mentiroso, não quero mídia, não sou palhaço”, diz Gerson; assista

Houve um avanço em outra direção com uma proposta por diversas plataformas vendidas a diferentes empresas. Está praticamente fechado que não haverá concentração dos direitos em uma empresa. Assim, o SBT é apontado como um candidato a ocupar a faixa de TV Aberta. Além disso, seriam exploradas outras mídias para aumentar a renda.

Pela proposta que está sendo alinhavada, os clubes poderiam conseguir até R$ 17 milhões, um valor próximo ao que era pago a Globo. Mas isso dependeria de se atingir determinados parâmetros.

Entre eles, estaria a exploração de uma plataforma de pay-per-view própria da competição. Nesse caso, cada clube ficaria com o percentual do que for arrecadado pela sua torcida.

Isso atenderia a demanda do Flamengo de ser recompensado por gerar mais receita para a competição. Se for feito dessa forma, há, sim, possibilidade real de os outros clubes aceitaram.

Em 2020, o Flamengo não aceitou fechar com a Globo pelo mesmo valor ofertado aos outros clubes. Pediu mais dinheiro a emissora que não quis pagar. A disputa, envolvendo até a MP do Mandante editada pelo governo federal, gerou um vai e vem nas transmissões. Ao final, a emissora rescindiu o acordo. Se a Globo voltasse ao Carioca, seria por valores menores e aí os jogos seriam incluídos em seu ppv. Quem acompanha as negociações do Carioca de perto prevê novidades para os próximos dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui