Faltando ainda menos de um ano para o Flamengo passar pelo seu processo eleitoral, mas o grupo político criado, em 2017, Flamengo Da Gente (FDG) confirmou a pretensão de lançar uma chapa para o próximo triênio do clube. Walter Monteiro foi escolhido, por aclamação, como candidato a presidente e Cláudia Simas como vice. A informação foi divulgada a princípio pelo site Mundo Rubro-negro.

+ Vejo os jogos restantes de Flamengo, São Paulo e Atlético no Brasileirão

Conforme falou com a reportagem do Esporte News Mundo, o FDG está em pré-candidatura, organizando o comitê e uma reunião, ainda sem data definida, entre os membros, para definir as diretrizes e lançar em breve os pilares e seu programa para a gestão. Segundo um membro confirmou a ENM, o grupo tem tempo para fazer tudo com calma já que só em agosto as chapas podem ser oficializadas.

Walter Monteiro tem 53 anos e é advogado, sócio-proprietário, membro do Conselho Deliberativo do Flamengo e Embaixador do clube em Porto Alegre, onde vive há 12 anos.

+ Jornalista afirma que atacante do Flamengo está organizando festança de Réveillon

Mas o que é FDG?

O Flamengo da Gente é grupo criado em 2017 por associados e de interessados em se associar ao Flamengo. Sendo uma oposição política desde a gestão do presidente Bandeira de Mello, o grupo defende segundo diretrizes a visão de um Flamengo sério, vencedor e para todos.

Formado por sócios e interessados em se associar ao Clube, entre eles 40 conselheiros e conselheiras. A principal esfera de atuação dentro do clube é o Conselho Deliberativo do Flamengo, onde o grupo envia as sua propostas e questionamentos.

Atualmente, dentre os debates levantados, o grupo defende a instauração de inquérito interno no Conselho Deliberativo sobre o incêndio no Ninho do Urubu.. E em novembro, propôs uma emenda ao estatuto do clube junto a outras pessoas de organizações políticas independentes. O documento assinado por mais de 50 conselheiros almeja tornar obrigatório o licenciamento, durante a campanha eleitoral, de qualquer membro de poder que se candidate a um cargo eletivo externo.

+ Campeonato Carioca terá formato diferente em 2021; veja mudanças

Retirado de: Esporte News Mundo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui