Continua após a Publicidade

Flamengo e Bahia fizeram o jogo mais movimentado da rodada, tanto dentro de campo quanto fora dele. A partida terminou 4 a 3 para o Mais Querido, porém um caso de racismo melou o que poderia ser umas das melhores partidas do campeonato. Os gols do Mengão foram marcados por Bruno Henrique, Isla, Pedro e Vitinho.

O principal lance do duelo, ocorreu no segundo tempo, quando a partida estava 2 a 1 para o rubro-negro. Logo após o gol do Bahia, Gerson afirmou ter sido sofrido injúria racial do meia Ramirez, do Bahia, segundo o camisa 8 do Mengão, o jogador colombiano falou: “Cala a boca, negro”.

Continua após a Publicidade

Assim que Gerson ouviu o que o jogador do Bahia falou, foi até o árbitro da partida, que o ignorou, em seguida o jogador foi pra cima de Ramirez para tomar satisfação, foi ai que o jogo parou e a confusão tomou maiores proporções.

Gerson também foi até o técnico Mano Meneses para contar o que havia acontecido, porém o agora ex técnico do Bahia, ignorou e até debochou do jogador do Flamengo o chamando de “malandro”.

Quando a bola voltou a rolar, o time do Flamengo estava descontrolado dentro de campo, tomou mais dois gols do Bahia em poucos minutos. Foi quando Rogério Ceni mexeu na equipe, colocando Pedro e Vitinho, ambos entraram e marcaram dois gols, dando a vitória para o Mengão.

+ Neymar posta mensagem para Gerson, do Flamengo, vítima de racismo

Assista abaixo os bastidores da partida:

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui