O volante paraguaio Robert Piris da Motta, de 26 anos, vem passando por uma situação complicada no futebol turco. O jogador emprestado pelo Flamengo ao Gençlerbirlii SK está insatisfeito por o seu clube está devendo a ele dois meses de salário.

A situação já foi pior para Piris no Gençlerbirlii SK. A dívida já chegou a ser de três meses, porém, a equipe turca pagou nos últimos dias um mês. Insatisfeito, o jogador deverá deixar a equipe turca, porém, o seu retorno ao Flamengo não deverá acontecer. A tendência é que o volante seja novamente negociado pelo Rubro-Negro. 

Ao todo, o paraguaio entrou em campo pelo Gençlerbirlii SK em dez oportunidades, jogando os 90 minutos em oito partidas e sendo substituído em apenas dois jogos.

Piris da Motta defendeu o Flamengo de 2018 a 2020. Ele nunca conseguiu cair nas graças da torcida do clube carioca, mas fez parte do elenco em todas as conquistas recentes do Rubro-Negro sob o comando de Jorge Jesus.


Goleiro Bruno é eliminado na Série D e rival tira onda, veja


Confira abaixo o post da apresentação de Piris da Mota, no Gençlerbirlii SK.

Por: O Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui