Continua após a Publicidade

Primeiro reforço do Flamengo para 2020, Pedro Rocha foi um alto investimento da diretoria de futebol para qualificar o ataque Rubro-Negro com nome de destaque do mercado da bola. Porém, o atleta de 26 anos não emplacou, sofreu com lesões e agora deixará o clube no próximo dia 31 de dezembro sem deixar saudades – e com um custo bem elevado aos cofres.

+ Jornal português afirma que Jesus pediu contratação de Willian Arão, ao Benfica

Continua após a Publicidade

O portal ‘Hashtag Rubro-Negro’ fez um levantamento de quanto Pedro Rocha custou ao Flamengo por partida disputada. O atacante recebia um salário mensal, segundo o Blog do Jorge Nicola, no Yahoo, e o UOL Esporte, de R$ 1 milhão.

De 24 de dezembro de 2019 para cá, Pedro Rocha disputou 11 partidas oficiais pelo Mengão – a última delas em 13 de dezembro de 2020. Ele marcou apenas um gol e deu uma assistência no período.

Com vencimento de R$ 1 milhão mensal, o jogador recebeu cerca de R$ 12 milhões durante o período de contrato com o Flamengo.

Colocando o valor total gasto na ponta do lápis, se Pedro Rocha atuou somente em 11 partidas, cada vez que o camisa 32 pisou no gramado com a camisa rubro-negra, foi pago a quantia de R$ 1.090.909,09.

+ Vídeo: Ronald do Fortaleza estragou gramado antes de Pedro cobrar pênalti

Futuro de Pedro Rocha

Segundo apuração do Hashtag Rubro-Negro, a vontade do atacante e de seus representantes era a permanência no clube até agosto de 2021, mas diante de dificuldades financeiras, causada pela pandemia do coronavírus e eliminações precoces em Libertadores e Copa do Brasil, o Flamengo preferiu não prorrogar o empréstimo do jogador.

Agora, a preferência de Pedro Rocha segue sendo sua permanência no Brasil e até já recebeu sondagens de clubes brasileiros, como o São Paulo e Corinthians.

O atacante terá de se reapresentar ao Spartak Moscou, da Rússia, no próximo dia 12 de janeiro para discutir seu futuro.

+ Pedro lamenta péssima atuação e explica o motivo de ter perdido o pênalti

Carreira do atacante

Pedro Rocha começou sua carreira no Diadema-SP. Se destacou pelo Juventus-SP e começou a ganhar destaque no Grêmio, onde conquistou a Copa do Brasil em 2016. De lá, foi vendido ao Spartak em 2017.

Os russos emprestaram o atacante ao Cruzeiro em 2019 e em 2020 o atleta foi novamente emprestado pelos russos, mas ao Flamengo.

Por: Hashtag Rubro-Negro

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui