Acusado por Gerson, do Flamengo, de racismo, o meia Juan Pablo Ramírez, do Bahia, afirmou que foi xingado de “gringo de m…” pelo atacante Bruno Henrique, do time rubro-negro. Os dois episódios foram relatados após a vitória da equipe carioca por 4 a 3, ontem, pelo Campeonato Brasileiro.

+ Agora vai? Grande jornal inglês afirma que o Huddersfield quer Lincoln

“O Bruno (Henrique) me chamou de ‘gringo de m****, mas não prestei muita atenção. Talvez ele falou porque achou que eu tinha insultado o Gerson com um termo racista. Mas segui jogando e tudo tranquilo”, disse Ramírez em vídeo publicado nas redes sociais do Bahia.

O jogador colombiano afirmou que está sofrendo muito com a situação e reiterou sua posição, dizendo que Gerson não o entendeu.

“Espero, de coração, que as coisas se esclareçam. Minha família está sofrendo muito. Eu também. Não fui racista em nenhum momento. É um tema complicado. Minha família recebeu mensagens ruins, de violência. E eu não cometi nenhum insulto racista. Vim ao Brasil para jogar bola para ajudar o clube. Peço desculpa ao Gerson que escutou mal o que eu falei. Em nenhum momento o ofendi de maneira racista”, completou.

+ Veja o exato momento em que Gerson acusa Ramírez de racismo em Flamengo x Bahia; assista

https://youtube.com/watch?v=uvxO0ghS5Wg

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui