Continua após a Publicidade

O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva definiu a retomada do processo que analisa o lance no qual Bruno Henrique atingiu o rosto de um dos jogadores adversários com sua chuteira. Na ocasião, o volante Breno, do Goiás, teve seu nariz fraturado.

A ação que analisa o ocorrido no duelo entre Flamengo e Goiás na 11ª rodada do Campeonato Brasileiro havia entendido que não havia um motivo para reconhecer a denúncia, uma vez que o lance não passou despercebido pela arbitragem.

Continua após a Publicidade

A Procuradoria, entretanto, recorreu, e o entendimento foi de que o Esmeraldino, autor da notícia de infração, deveria ter sido intimado, o que não havia ocorrido, e a comissão votaria por prosseguir ou não, de acordo com os termos da denúncia. Caso Bruno Henrique seja penalizado, o atacante poderá cumprir pena de até 6 partidas de suspensão, como prevê o artigo sobre jogada violenta.

Na ocasião, o camisa 27 não recebeu nenhum cartão e o Mais Querido venceu o confronto por 2 a 1, com ambos os gols do Fla marcados por Pedro.

Confira o lance:

Enquanto aguarda uma posição sobre o caso, Bruno Henrique se encontra à disposição de Rogério Ceni na Ilha do Retiro, onde o Flamengo enfrentará o Sport. A partida acontecerá nesta segunda-feira (01), às 20h (horário de Brasília), com a transmissão dos canais SporTV e Premiere.

+ NOTÍCIAS

STJD reativa processo e Bruno Henrique pode ficar de fora de 6 jogos

Sequência mais complicada na reta final do Brasileirão pertence ao Flamengo; veja estatísticas

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui