Continua após a Publicidade

Em 2019, o Flamengo viveu o tão sonhado ‘ano mágico’ com as conquistas do Campeonato Brasileiro e da Libertadores da América. Uma das baixas do time vencedor foi o lateral Rafinha, que assinou com o Olympiacos, da Grécia. Entretanto, com menos de um ano de vínculo com o clube atual, o jogador pode deixar o time e, quem sabe, retornar ao futebol brasileiro.

A tendência é que o jogador e o Olympiacos cheguem em um acordo amigável para a rescisão de contrato ainda nesta semana, conforme divulgado pelo Goal. Ainda de acordo com informações do portal, um dos clubes brasileiros que estão interessados no atleta é o Atlético-MG que, inclusive, já sondou a situação de Rafinha. O Mengão, por sua vez, não monitora seu ex-jogador conforme disse o próprio vice-presidente Marcos Braz em entrevista ao Lance!.

Continua após a Publicidade

“Nós temos lateral”, disse o dirigente. Vale destacar que, Braz foi o responsável direto pela contratação de Rafinha em meados de 2019. O lateral deixou seu nome marcado na história do Mais Querido após ter sido uma das peças fundamentais nas conquistas recentes do Rubro-Negro. Líder dentro e fora de campo, o defensor vestiu o Manto Sagrado em 46 oportunidades e colecionou títulos como: Libertadores, Brasileirão, Supercopa, Recopa e Campeonato Carioca.

Para suprir a ausência de Rafinha, o Flamengo contratou o lateral-direito Isla. Considerado um substituto a altura, o dono da camisa 44 se prepara para o próximo compromisso do Mais Querido, nesta quinta-feira (04), contra o Vasco. A partir das 21h (horário de Brasília), as equipes entram no solo sagrado do Maracanã para definirem a 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ MAIS NOTÍCIAS

É MOLE ? Gabigol também será julgado e Fla pode perder dupla de atacantes para reta final do Brasileirão
+ Domènec detona diretoria do Flamengo em entrevista a jornalista da Globo

Por: ColunadoFla

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui