O Flamengo conseguiu um empate no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, contra o Racing, nesta terça-feira, na Argentina. Gabigol, de volta ao time após lesão, garantiu o 1 a 1 para a equipe rubro-negra, que teve Thuler expulso no fim do jogo e precisou segurar a pressão do rival no últimos minutos.

VEJA TAMBÉM: Assista os melhores momentos de Racing 1×1 Flamengo

Rogério Ceni: “Lembrando que a arbitragem foi muito desastrosa. O volume de jogo do Racing se deu pelas faltas próximas da área, inexplicáveis para quem jogou, eu jogo desde 92, eu nunca vi uma arbitragem tão desastrosa como essa”.

Rogério Ceni: “Qnd voce tem jogadores talentosos na frente é natural as falhas maiores no setor defensivo. Não vou apontar um jogador ou outro, nós temos que ter tempo para treinar. Nós não tivemos praticamente treino”.

Rogério Ceni: “Natural o Racing ter bons momentos no jogo, o Flamengo não vai dominar sempre o jogo todo”.

Rogério Ceni: “O Flamengo joga sempre com a postura de tentar atacar, claro que não é possível o tempo todo. Campo pesado, com chuva. Nós jogamos no sábado, 72 horas depois jogando aqui, com viagem… O adversário tambem é um grande time da Argentina”.

Rogério Ceni: “Para vocês terem uma ideia, há três meses não tínhamos essa formação com Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol”.

Rogério Ceni: “Nem todas as lesões que o Flamengo tem são musculares. O caso do Thiago Maia não tem nada a ver com muscular. Temos que avaliar o que é muscular, óssea. O acumulo de jogos, o cansaço, isso faz diferença”.

Rogerio Ceni: “Decidimos pelo Renê, pela experiência, por ser um jogador que defensivamente tem uma boa recomposição. Uma decisão muito particular nesse sentido”.

Rogério Ceni: “O Matheuzinho era um ponta, foi trazido para a lateral, com muita ofensividade. O Renê com mais poder de marcação, apesar da perna trocada. Ele já fez dois jogos na lateral-direita”.

VEJA TAMBÉM: Muito dinheiro! Conmebol entra com processo contra a Globo

Rogério Ceni: “Já era previsto o Gabigol, fez o sacrifício se doeu, jogou o máximo de tempo que a condição física dele permitia”

Rogério Ceni: “Sobre o Pedro e o Rodrigo Caio é uma pergunta para o departamento médico, vamos ter uma resposta melhor a partir de quinta-feira quando a gente vai retornar aos treinos”.

VÍDEO: Dirigente se irrita com juiz do jogo contra o Racing; assista

Coletivas:

Minutagem do vídeo:
– Gabriel Barbosa 0:00
– Rogério Ceni 4:21
– Héctor Fértoli 11:07
– Sebastián Beccacece 14:54

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui