Atlético-MG vai pedir banimento e rebaixamento do Flamengo do Brasileirão

O presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, declarou que o clube vai pedir a exclusão do Flamengo do Campeonato Brasileiro, depois da tentativa de adiar o jogo com o Palmeiras na Justiça do Trabalho.

“A lei vale para todos. O Flamengo se utilizou da Justiça comum para descumprir o protocolo da CBF e desrespeitar todos os outros 19 clubes da Série A, em mais um exemplo de soberba. Isso é passível de banimento. Tem de ser rebaixado automaticamente. O Atlético-MG vai entrar com um pedido à Procuradoria do STJD para a exclusão do Flamengo do Brasileiro. Deve ser realmente banido do campeonato”, declarou, em entrevista ao site “Terra”.

O mandatário do clube mineiro disse que o Brasileiro deve seguir, mesmo sem o Flamengo.

“O campeonato vai prosseguir. Só não sabemos se com ou sem o Flamengo. Temos acompanhado as dificuldades da CBF na organização do Brasileiro num momento tão grave, tão difícil. Era hora de todos darem as mãos para ajudar a confederação e o futebol brasileiro. Mas o Flamengo quer tomar o próprio caminho, se acha o melhor e se acha independente. Tem de pagar pelos seu erros.”, completou.

Grandes clubes começam a formar um grande bloco de oposição ao Flamengo por causa do imbróglio jurídico que se formou. Corinthians e Palmeiras também se manifestaram.

— O maior problema do futebol é quando um clube só pensa nele e em mais nada. Suspender um jogo é suspender o protocolo que todos toparam. Melhor paralisar o campeonato inteiro então – disparou o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, em seu Twitter.

Ele se juntou ao próprio Palmeiras na defesa da hipótese de suspensão da Série A por causa da não realização da partida.

— Caso seja definido que o protocolo determinado para o Campeonato Brasileiro não será cumprido, é preciso paralisar a competição – disse o presidente palmeirense, Mauricio Galiotte.

Sérgio Sette Câmara, do Atlético-MG, já havia se manifestado. Ele apontava o risco para o Flamengo de uma punição desportiva por se beneficiar de decisões da Justiça comum. Até o início da tarde deste domingo, duas decisões trabalhistas impediam a realização da partida.

— Os regulamentos são claros, com previsão de penas gravíssimas: os clubes não podem pleitear nem se beneficiar de decisões da “Justiça Comum” que digam respeito à organização das competições. Por isso, é bom lembrar: os clubes estão unidos e atentos. Os tempos são outros. Rivais só dentro de campo. A lei é para todos – disse Sette Câmara, em seu Twitter, mais cedo.

A manifestação dos clubes se soma à discussão sobre a volta da torcida aos estádios. Na quinta-feira, o Flamengo e a Ferj se manifestaram pelo retorno em reunião na CBF. No sábado, sem a presença dos dois, os outros 19 clubes decidiram junto à mesma CBF que não e o momento de abrir as arenas para torcedores.

A Federação Paulista de Futebol também criticou o Flamengo.

“A Federação Paulista de Futebol vem a público manifestar repúdio à tentativa de suspensão da partida de hoje, entre Palmeiras e Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro. A competição possui um protocolo de saúde, aprovado pelas autoridades públicas e por todos os clubes participantes, que deve ser respeitado. Causa repulsa a antiga e retrógrada prática do uso de um sindicato para defender interesses individuais e casuísticos. É obrigação de todos respeitar a vontade da grande maioria dos clubes. Assim, a FPF endossa e apoia a postura da Sociedade Esportiva Palmeiras, de todos os demais clubes e da CBF diante desta articulação arrogante, que apenas prejudica o futebol.”

Por: Extra

13 COMENTÁRIOS

  1. Um dória desse não pode ser presidente de um clube da grandeza do Atlético Mineiro, é dória mesmo e de diarréia, chega palhaço no futebol, além do mais ingratidão tem um preço, em breve o Flamengo vai cobrar isso do clube.

  2. Mano é bem simples o Flamengo tá com 16 jogador com covid 19
    Não era pra tem nem futebol esse ano porcada da covid e vcs querem ainda discutir que o Flamengo tá errado em pedi de adiar partida
    Pare de clubismo covid matando aí é vcs nessa

  3. Vira macho homem, se é que se garante como tal.
    Entra em campo e faz sua parte.
    Sua hora vai chegar, antipatico.
    Quero ver vc ser macho quando metade do seu time pegar a doença. Conhece a palavra SOLIDARIEDADE E FAIR PLAY ?

  4. Esse presidente está querendo moleza querendo tirar o Flamengo do brasileirão para facilitar a vida dele, devendo até as calças quer tentar ganhar algo para minimizar as dividas.

  5. SÓ assim para conseguir ganhar o BRASILEIRÃO….BANINDO O FLAMENGO DO CAMPEONATO.Mas não ser desta vez.quem entrou foi os jogadores e não FLAMENGO. Vai chupar coquinho presidente peidado…..

  6. Só acho que esse vírus está aí para todos. Hoje a situação afetou o Flamengo, amanhã pode ser o Atlético mineiro.
    Quero ver qual será a postura do presidente também, se não tem nenhuma empatia pelos outros.

  7. Quero ver se isso acontecer com Atlético-MG, palmeiras, e outros clubes chorões. Qual a postura vão tomar. A verdade é que Pimenta no olho do outro é refresco.

  8. Se a CBF aceitar isso a gente Destrói a CBF.. Pq Somos A maior torcida do mundo… E esse cara não passa de um bebê chorão que ta morrendo de medo do Flamengo.. E sabe que até o sub 20 é melhor que o galo monotítulo.

  9. Quem esse presidente do Atlético pensa que é pra querer punir o Flamengo?
    É mais um despeitado porque já foi rebaixado e só ganhou um campeonato.
    Fraco e covarde como os outros que estão morrendo de inveja do sucesso do Mengão.
    Bando de covardes e maus administradores de clubes de futebol. Se não tem competência não disputam campeonato. O Flamengo apenas quis evitar até o contágio pra outros clubes, já que está com 20 jogadores inventados com esse vírus desgraçado. Quando for o seu time, quero o que vai dizer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui