Continua após a Publicidade

O Defensa y Justicia foi até o Mané Garrincha tentar reverter o placar adverso do jogo de ida, mas vai voltar para a Argentina com uma sonora goleada sofrida contra o Flamengo por 4×1. Eliminado da Libertadores, Sebastián Beccacece, técnico do clube estrangeiro, exaltou o grupo rubro-negro e afirmou que é uma das mais poderosas da América do Sul.

“O Flamengo venceu a partida porque jogou melhor. Em bola parada têm bons cabeceadores e muita altura. Fomos para o vestiário com a ilusão de que poderíamos segurá-los. Em seguida, em uma bola cruzada, resultado da desatenção, aquela ilusão foi embora. Enfrentamos uma das melhores equipes do continente. No primeiro jogo, eles não tiveram alguns jogadores que hoje mostraram o seu potencial, a sua força. No primeiro tempo, foi difícil para nós marcarmos o Bruno Henrique, ele fez três jogadores nossos tomarem cartão. E o campo não estava bom, o nosso gramado estava em melhores condições, com grama mais curta, mas em termos gerais, a diferença estava na qualidade dos jogadores que não estavam no primeiro jogo”, declarou.

Continua após a Publicidade

“Conseguimos nos colocar no jogo com o gol, algo que não é fácil contra esse tipo de rival. Hoje, eles eram superiores, mas poderíamos ter descontado ou perdido por um gol, não acho que o resultado geral seja justo. Essa foi a nossa primeira classificação para as oitavas de final, tínhamos um rival complexo. Vamos continuar trabalhando para crescer, como instituição, como treinador e como jogadores. Jogamos contra o time, talvez o mais poderoso do continente em orçamento, em hierarquia e em número de torcedores. O que fizemos hoje é digno, pelo esforço”, finalizou Sebastián Beccacece.

Com a vitória, o Flamengo agora aguarda o classificado entre Internacional x Olimpia, que vão disputar vaga nesta quinta-feira (23), às 21h30 (de Brasília), no Beira-Rio. A primeira partida entre as duas equipes terminou empatada em 0x0.

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui