A Conmebol decidiu punir o Flamengo além do normal pelos acontecidos na partida diante do Racing, na Argentina. O Rubro-negro tomou conhecimento que Thuler e Nathan, tomaram dois jogos de suspensão pelos cartões vermelhos recebidos na partida.

Thuler foi expulso após entrada em Lisandro Lopes aos 37 minutos da etapa final, vale lembrar que a expulsão chegou a ser até contestada por alguns comentaristas e mesmo assim, a Conmebol decidiu punir o jogador por dois jogos.


Gabigol deve retornar contra o Santos; Bruno Henrique treina normalmente


Nathan, foi escolhido pelo árbitro dentre muitos outros jogadores que estavam no banco de reserva da partida na Argentina. O venezuelano Alexis Herrera, expulsou o jovem afirmando que o mesmo tinha o xingado durante a partida.

As punições na pararam por ai, além disso, a Conmebol aplicou multas financeiras no Mais Querido, $1.050 dólares por cada cartão vermelho (aproximadamente R$ 11 mil reais) e mais $ 10.500 (quase R$ 54 mil reais) por punição ao técnico Rogério Ceni por ter retardado a partida na etapa final do jogo contra o Racing, na Argentina.

Todos os valores em reais, totalizam quase R$ 66 mil reais em punições financeiras ao Flamengo. Os valores serão debitados automaticamente de receitas que a entidade venha a passar ao Flamengo por direitos de imagens e patrocínios.

No jogo da volta, no Maracanã, o zagueiro Rodrigo Caio também foi expulso e ainda será julgado. Como o Flamengo não disputará mais partidas da Conmebol nesta temporada, os jogadores cumprirão suspensão nos torneios da próxima temporada.

As punições aplicadas pela Conmebol ao Flamengo revoltaram a torcida do Flamengo, que usou as redes sociais para demonstrarem sua ira contra a entidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui