Rodolfo Landim, Presidente do Flamengo — © Alexandre Vidal
Continua após a Publicidade

Atual terceiro colocado no Brasileiro, com 54 pontos, o Flamengo só pagará ao elenco premiação na competição em caso de título ou de vice-campeonato. Desde 2020, o clube não paga “bicho” por rodada no G-4. Nem aos jogadores nem aos membros da comissão técnica e do departamento de futebol como um tudo.

A situação gera incômodo especialmente entre funcionários, que já se sentem desvalorizados pelo clube. A motivação financeira é mais uma forma de o elenco se manter concentrado nas rodadas finais, embora haja pequena possibilidade de conquista frente ao Atlético-MG.

Continua após a Publicidade

O clube destina parte da premiação paga pela CBF aos jogadores. O vencedor do Brasileirão 2021 embolsará cerca de R$ 33 milhões, enquanto o segundo colocado ficará com R$ 31,3 milhões. Metade é direcionada ao elenco pelo Flamengo. Segundo a diretoria, tudo que foi combinado até aqui está em dia, inclusive o pagamento do ano passado pelo título do torneio.

Este ano, os atletas já ficaram sem prêmio na Copa do Brasil, pois não chegaram à decisão. Na Libertadores, o campeão irá arrecadar pouco mais de R$ 120 milhões, enquanto o segundo colocado fica com cerca de R$ 73 milhões de premiação.

Retirado de: O Globo

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui