Tendo virado o ano praticamente vazio, o Departamento Médico do Flamengo voltou a ter um número considerável de atletas sob seus cuidados.

A começar por Diego Alves, o goleiro que não era escalado para uma partida desde dezembro, quando se lesionou, retornou para defender o time no confronto contra o Sport da última segunda-feira (01). Seu tempo em campo, no entanto, não foi como o camisa 1 esperava.

Em 60 minutos de partida, ele precisou ser substituído por Hugo Souza por conta de dores sofridas. Com situação delicada por conta da reincidência, Diego permanece como dúvida e sua condição ainda preocupa a equipe técnica.

Já para Gerson, a única opção é esperar para saber se o jogador terá condições de atuar contra o Vasco. O atleta sofreu uma torção no pé direito no primeiro tempo do duelo contra o Leão, queixou-se de dores no intervalo do jogo, mas ainda retornou para o campo no segundo tempo. No retorno para o Rio de Janeiro, o volante caminhou sem dificuldades. Porém, o Flamengo informou em nota que o Coringa ainda sente dores.

Para finalizar, Rodrigo Caio permanece fazendo fisioterapia para tratar de uma lesão sofrida na coxa direita. Enquanto o zagueiro não se encontra disponível, Willian Arão e Gustavo Henrique formam a dupla de zaga do time.

Vale lembrar que Thiago Maia também permanece no DM, se recuperando da cirurgia feita, com previsão de retorno estimada em poucos meses.

Sem poder contar com estes jogadores, o Flamengo enfrentará o Vasco em um clássico válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo ocorrerá às 21h (horário de Brasília), no Maracanã, com transmissão feita pelo Premiere.

Por: GaveaNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui