Continua após a Publicidade

Sem fazer gol de falta há quase três anos, o Flamengo pode encontrado um batedor “dentro” da Gávea: o lateral-esquerdo Renê, que revelou que vem treinando há bastante tempo. Ainda no assunto bola parada, ele também comentou sobre um pênalti que bateu contra o Emelec, nas oitavas de final da Libertadores de 2019. O jogador de 28 anos falou que se sentiu bem preparado para a ocasião.

“Eu tenho treinado (cobrança de falta) junto com Vitinho. Ontem (no último sábado), ele ficou encarregado de bater. Ele tem treinado muito bem. Infelizmente ele não fez o gol, mas sinto que está perto… Contra o Emelec, eu estava bem preparado. Naquela semana, tinha, no treino, batido 12 vezes e acertado todas as 12.”, comentou o lateral, à FlaTV.

Continua após a Publicidade

Por fim, ele comentou sobre o duelo com o atacante Alef Manga, do Volta Redonda. As equipes se enfrentaram no último fim de semana e voltarão a duelar nos dois próximos sábados, mas agora pela semifinal do Campeonato Carioca.

“Foi um jogo difícil, de muita correria. Sabíamos que eles jogavam no contra-ataque, principalmente apostando no Alef Manga e eu tinha que marcá-lo. No primeiro tempo, até saí mais pro jogo, mas no segundo fiquei mais atrás, no mano a mano. Fui bem e ele passou em branco.”, completou o camisa 6.

Por: JOGADA 10

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui