Gabigol e Ceni se abraçam após de Isla, do Flamengo — © Alexandre Vidal
Continua após a Publicidade

Com a vaga às oitavas da Copa do Brasil na mão, o Flamengo vive dias de otimismo e confiança lá no alto. Sob o comando do interino Maurício Souza, a equipe ampliou marcas importantes, e Rogério Ceni receberá de volta uma equipe cheia de razões para festejar.

Recuperado, o treinador é aguardado hoje (17) no Ninho do Urubu. Em sua ausência, a equipe dois somou triunfos contra o Coritiba, um diante do América-MG e a defesa completou cinco jogos sem levar um gol sequer.

Continua após a Publicidade

Com a vitória por 2 a 0 contra o Alviverde, o Rubro-negro enfileirou 16 jogos sem derrota na temporada. O último revés dos campeões brasileiros foi no dia 15 de abril, quando o time foi derrotado por 3 a 1 pelo rival Vasco.

— Não diria que o time atingiu o ápice, a busca por excelência é constante, mas são atuações que deixam a gente feliz. Não só a defesa, mas o time atacou e defendeu bem, todos os jogadores se doaram para defender. É muito gratificante estar com um grupo de jogadores dessa qualidade e poder trocar com o Rogério. Vim aqui para ser a extensão da voz do Rogério. Sou extremamente feliz pela forma como me receberam e como se comportaram. É um grupo sério, que gosta de ganhar e gosta de ter excelência no jogo, disse Maurício.

Ainda que os desfalques de Isla, Arrascaeta, Everton Ribeiro e Gabigol pesem, a situação abriu espaço para nomes que vão mostrando seu valor. Titular neste período, Vitinho subiu de produção e virou protagonista com passes decisivos e um gol. Michael também foi utilizado e deu sua contribuição.

— O Rogério vem sempre apostando no Vitinho, ele vem dando respostas. Tem participado muito na parte defensiva e evoluído muito. Na frente, finaliza com as duas pernas e dribla para os dois lados. É um jogador importantíssimo, elogiou o treinador.

Outro que se beneficiou das baixas foi Rodrigo Muniz, que deixou sua marca duas vezes — um cartão de visitas importante. Como Pedro está afastado, o jovem viu a brecha surgir e deu conta do recado. Garotos como Max e Ryan Luka também somaram pontos após ganharem alguns minutos a mais entre os profissionais.

Sem Isla, que disputa a Copa América, Matheuzinho tomou conta da posição e já virou uma ameaça real para o titular. Diante do Coxa, o jogador foi um dos melhores em campo e ainda deixou Bruno Henrique livre para fechar o placar. Na entrevista, Mauricinho afirmou não se surpreender com o desempenho: “O Matheuzinho não é surpresa, é extremamente qualificado e vem ganhando confiança”.

Com seis pontos em duas partidas disputadas no Brasileiro, o Fla volta suas atenções para a campanha pelo tricampeonato. No sábado (19), o time recebe a visita do RB Bragantino, às 21h, no Maracanã. Com Ceni de volta ao banco de reservas, o Rubro-negro espera manter o bom momento e seguir colecionando boas notícias.

Retirado de: UOL

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui