Lincoln se apresentou na sexta-feira para treinar com o sub-20 do Flamengo, mas a determinação da diretoria do clube não caiu bem para o empresário do jogador. Para Victtão Remiro, responsável pela carreira do atacante, houve desrespeito do departamento de futebol profissional com o jogador, que aceitou descer pela consideração com a base rubro-negra.

– Achei um desrespeito do departamento de futebol profissional o Lincoln ter descido para treinar com a base. Esse é o primeiro ponto. Mas colocando tudo em um contexto geral, desceu para treinar lá por respeito ao departamento da base, por todo carinho que teve enquanto jogou lá. Mas não seremos hipócritas, isso desvaloriza o próprio ativo do clube – afirmou Remiro.

O empresário questionou a decisão e lembrou que o jogador está há três no grupo profissional, mesmo tendo idade para os juniores.

– Outro ponto importante: lembrar que ele está no time profissional há três anos. Nunca desceu para jogar na base nesse período. Vai descer justamente agora, faltando quase duas semanas para completar 20 anos? Mas volto a repetir, em respeito ao departamento da base do Flamengo, às pessoas que comandam a base do clube, que sempre tiveram carinho, deram suporte e confiança ao jogador, o atleta resolveu descer – completou.

O Flamengo não conta mais com Lincoln e aceitou uma proposta do Pafos, do Chipre, pelo atleta. Os valores são de 4 milhões de dólares por 75% dos direitos econômicos do atacante. Com isso, o departamento de futebol rubro-negro liberou o jogador oficialmente e determinou que ele treinasse no sub-20.

Lincoln foi advertido pelo clube porque, num primeiro momento, se recusou a descer para a base. Ele se apresentou ao elenco profissional na quinta-feira, mas seus pertences não estavam disponíveis, uma vez que a comissão já não contava com ele.

O staff de Lincoln espera resolver em breve a situação de Lincoln, junto a Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Rodolfo Landim, presidente do clube. Os empresários, porém, consideram que a opção de fazê-lo descer para o sub-20 é a pior.

Depois uma resistência inicial à proposta do Pafos, os empresários e o atacante estão avaliando a oferta. Eles acreditam que pode ser uma boa porta de entrada para Lincoln no mercado europeu.

Por: globoesporte.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui