Continua após a Publicidade

O Flamengo teve ser recurso parcialmente aceito pela justiça, referente a pensões que o clube deveria pagar todos os meses as famílias. O Mais Querido, usou o site oficial para postar uma nota para esclarecer o assunto. O clube alegou que o Ministério Público não tem permissão de representar individualmente os familiares e também afirmou que seguirá prestando assistência material mensalmente, como já vinha fazendo.

Na Nota, o clube deixou claro também, que está aberto para negociar com as demais famílias que ainda não fizeram acordo com o Flamengo, até o momento 6 famílias e meia já acordaram com o Fla.

Continua após a Publicidade

Confira a nota do Flamengo:

“O Clube de Regatas do Flamengo esclarece que a questão judicial hoje julgada pela 13ª Câmara Civil reconheceu que o Ministério Público não pode representar individualmente as famílias das vítimas do incêndio no Centro de Treinamento George Helal, já que os pais são maiores, capazes e representados por seus advogados. Assim, não pode o MP postular judicialmente em seus lugares.

O que ocorreu, portanto, foi uma questão processual que apontou a ilegitimidade do MP para agir individualmente em prol de terceiros. Não obstante, o Flamengo informa que não deixará de prestar assistência material mensalmente às famílias e que está aberto a fazer acordo, como já fez com seis famílias e meia, ou seja, com a maioria dos responsáveis dos garotos que, infelizmente, faleceram no CT.”

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui