Continua após a Publicidade

Adriano recebeu de costas para a marcação. Girou em cima do zagueiro como se estivesse passando por um cone. Arrancou com a bola dominada e soltou a bomba de canhota. Este poderia ser um lance do Brasileirão de 2009, mas é a descrição do gol do filho do Imperador na última segunda-feira pelo sub-12 do Boavista. Apesar do gol ilustre, o Boavista perdeu para o Serrano por 2 a 1.

Adriano recebeu de costas para a marcação. Girou em cima do zagueiro como se estivesse passando por um cone. Arrancou com a bola dominada e soltou a bomba de canhota. Este poderia ser um lance do Brasileirão de 2009, mas é a descrição do gol do filho do Imperador na última segunda-feira pelo sub-12 do Boavista. Apesar do gol ilustre, o Boavista perdeu para o Serrano por 2 a 1.

Continua após a Publicidade

URGENTE: Diego Alves e Flamengo tem nova reunião marcada para decisão final



Aos 12 anos, Adriano Carvalho segue os passos do pai. Em abril do ano passado, o jovem recebeu as chuteiras do Imperador, como simbólica uma passagem de bastão.

“Estou dando minha responsabilidade pro meu filhão… Joga nada. Mentira! Joga muito!”, brincou o ex-jogador na ocasião.

A família Ribeiro tem tentado herdar o trono do Imperador dentro das quatro linhas. Além de Adrianinho, o irmão mais novo do ex-jogador, Thiago Ribeiro, tenta a sorte como jogador nos Estados Unidos.

Fonte: HahstagRubroNegro

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui