Rodolfo Landim, presidente do Flamengo (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)
Continua após a Publicidade

Rodolfo Landim é presidente, não é detetive particular, mas no Flamengo o dirigente está exercendo os dois cargos. Afinal, o vazamento de informações causa polêmica a cada semana e aumenta ainda mais a tensão no Centro de Treinamentos George Helal.

+ Pablo Mari dispara e afirma qual foi o erro da diretoria do Flamengo em 2020

Continua após a Publicidade

Torcedores.com apurou que ele está juntando provas, monitorando as informações divulgadas pela imprensa e influenciadores digitais com o objetivo de desmascarar o ‘infiltrado’ no vestiário rubro-negro.

Ele não esconde a irritação com as especulações após a derrota para o Ceará, no último domingo, pelo Brasileirão. Por isso, o mandatário promete não poupar esforços até encontrar o ‘dedo-duro’. E quando encontrado jamais terá acesso ao clube novamente.

Segundo fontes ouvidas pela reportagem, Rodolfo Landim tem cobrado explicações de dirigentes do ‘alto clero’ do clube. Na última terça-feira, só para exemplificar, o Flamengo usou as redes sociais para rebater as informações do jornal “O Dia”.

De acordo com a publicação, o técnico Rogério Ceni ouve apenas alguns medalhões do elenco rubro-negro, conhecidos como “Geração 85”, em alusão aos jogadores nascidos em 1985, como Filipe Luís e Diego Ribas.

Após o vazamento da informação, o clima de desconfiança tomou contra entre os profissionais que trabalham diariamente no Ninho do Urubu, principalmente no departamento de futebol. Os dirigentes querem descobrir, pelo menos, quem vazou a notícia.

Outro caso específico de análise de Rodolfo Landim no começo desta semana. O presidente ficou irritado com a presença de YouTubers na sede do clube da Gávea. Os influenciadores digitais foram cobrir a reunião para definir a demissão de Rogério Ceni.

A informação, mesmo verdadeira, não poderia ser vazada. No final do encontro, o dirigente acabou optando pela manutenção, até segunda ordem, do treinador. Landim trabalha nos bastidores para descobrir o X-9 que está tornando pública informações administrativas.

A lista do dirigente é extensa. Interesse em jogadores, rejeição a nomes oferecidos, renovações de contratos, conduta dos jogadores, trabalho da comissão técnica e informações sobre o departamento médico. Tudo isso quando divulgado pela imprensa incomoda Landim.

Torcedores.com apurou que Landim estuda medidas extremas para blindar o departamento de futebol do Flamengo. Ele considera a possibilidade de limitar a circulação de pessoas pelo centro de treinamentos nos horários das atividades.

Negociações, só para exemplificar, serão tratadas pelo mínimo de pessoas possível. Rodolfo Landim cogita comandar as reuniões estratégicas afim de evitar a movimentação do clube no mercado da bola.

Até porque o Flamengo ainda sonha com a conquista do Campeonato Brasileiro. A temporada 2021, a princípio, ainda não começou oficialmente. Mas os bastidores estão agitados, fruto da falta de entrosamento dos dirigentes.

Flamengo tenta focar no Goiás

O Flamengo dará sequência nesta quinta-feira a preparação para o confronto contra o Goiás, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. As equipes se enfrentam na próxima segunda-feira, às 20h, na Serrinha, em Goiânia.

Sem poder contar com Willian Arão, suspenso, Rogério Ceni será obrigado a mexer novamente na equipe que vai a campo diante do time Esmeraldino. João Gomes pode voltar a equipe. Porém, o técnico pode estudar outra formação com Diego ou Arrascaeta na cabeça de área.

Enquanto isso, o comandante rubro-negro vive a expectativa de poder escalar novamente Diego Alves. O goleiro ficou de fora das últimas partidas devido a problemas musculares. Ele, a princípio, deve retornar ao gol titular no lugar de César que atuou contra o Ceará.

Por: Torcedores

Continua após a Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui